Quando a Preocupação com a Dieta Vira Neurose

Saiba identificar quando a sua preocupação com dieta vira ortorexia

Artigo publicado por Aline Silveira nas categorias: Bem Estar

Segundo especialistas, a preocupação excessiva com a aparência física pode causar transtornos alimentares, além de ansiedade e insegurança.

A sociedade atual vive uma exagerada preocupação com as questões estéticas como o culto do corpo, a imagem e a estética. Observa-se uma corrida desenfreada em busca da beleza, uma excessiva vaidade e um desejo de eterna juventude. Estes comportamentos são frutos das influências dos meios de comunicação como: revistas, televisão, propagandas que exibem corpos e rostos perfeitos.

Todas as faixas etárias, gêneros, raças e classes sociais são atingidas por esta ansiedade de perfeição imperativa. Quando o indivíduo se sente fora dos padrões impostos pela sociedade, trazem consequências como: baixa autoestima, ansiedade, depressão, insegurança e muito sofrimento que desencadeiam transtornos sérios como bulimia, anorexia, etc.

neurose por dieta

A valorização excessiva das aparências nos dias atuais é a causa de tamanha preocupação com o corpo (exercícios físicos, plásticas, vale tudo para emagrecer, busca da eterna juventude). Tem-se observado uma neura com a beleza emocionalmente ligada à conquista do ser amado. Existe a falsa ideia de que a aparência impecável será responsável pela felicidade junto ao companheiro.

Esta preocupação excessiva pode trazer sérias consequências.

No caso da preocupação excessiva com a dieta saudável, especialistas tem um nome que define este transtorno. Ortorexia – sinônimo de obsessão por alimentação saudável causando desnutrição. O transtorno foi descrito pela primeira vez pelo médico Steven Bratman, em 1997, e é frequentemente associado a dietas de vegetarianas ou de alimentos crus.

Como saber se a preocupação virou algo mais sério

É possível detectar quando esta preocupação saiu do controle e passou a ser uma doença. A ortorexia nervosa é detectada quando o paciente passa a perder o convívio social a ter insatisfações afetivas o que fazem crescer a preocupação excessiva com os alimentos. Ortorexia é uma palavra que deriva do verbete grego “orthos”, que significa certo, apropriado,  e o termo, também grego, “orexia”, que vem a significar apetite.

Quando essa condição de obsessão pela dieta vira uma patologia, é chamada de ortorexia nervosa e se caracteriza pelo indivíduo que é seu portador, buscar incessantemente alimentos livres de alguns componentes indispensáveis à dieta, como pessoas que se privam de todo tipo de açúcar, gordura, carboidrato, derivados animais.

As pessoas com ortorexia nervosa, só se alimentam de produtos saudáveis e costumam analisar de maneira minuciosa e compulsiva a composição nutricional de tudo o que é ingerido. Inicialmente a pessoa tem interesse em melhorar a saúde, emagrecer ou tratar uma doença. Com o decorrer do processo, as calorias nutrientes, vitaminas e outros componentes passam a ser o foco da pessoa levando-a a obsessão. Neste instante a dieta passa a ser a parte mais importante de sua vida.

ortorexia

Como tratar

O tratamento como para qualquer outro transtorno é a procura imediata de um profissional de saúde. Mesmo sendo pouco conhecido o transtorno pode trazer graves consequências emocionais e físicas e causar sérios danos à saúde.

Aline Silveira

Autora

Aline Silveira dedicou sua vida a pesquisar sobre saúde e bem estar e conquistou seu manequim 36 após lidar com depressão e atingir o manequim 44.






Comente!




*Campos obrigatórios