Pirâmide Alimentar

O objetivo da pirâmide alimentar é educar os cidadãos quanto a quantidade adequada de cada tipo de alimento a ser colocado no prato.

Artigo publicado por Aline Silveira nas categorias: Dietas

O conceito de pirâmide alimentar surgiu na década de 70 com o objetivo de nortear os hábitos alimentares de cada sociedade para que as pessoas pudessem ingerir porções adequadas de cada grupo de alimentos. Assim, elas poderiam ter vidas saudáveis e manter a silhueta esbelta. Então, conheça aqui um pouco sobre a pirâmide alimentar para começar a se alimentar corretamente.

Grupos de Alimentos

Na pirâmide alimentar antiga, havia 8 grupos de alimentos, sendo eles os carboidratos, as frutas, as hortaliças, o leite e seus derivados, as carnes, as leguminosas, os doces e as gorduras.

Tais alimentos eram dispostos em forma de pirâmide, sendo que os carboidratos, que vinham na base, deveriam ser os mais consumidos enquanto o topo, que continha os doces e as gorduras, teriam que ser os menos ingeridos pelas pessoas saudáveis por causa de suas funções.

pirâmide alimentar

As funções desses grupos eram: carboidratos eram os energéticos e tinham que ser consumidas entre 5 e 9 porções por dia. Os reguladores, formados pelas frutas, hortaliças e leguminosas, estavam no segundo e no terceiro níveis, pedindo entre 3 e 5 porções diárias.

O quarto, o quinto e o sexto níveis eram formados pelas proteínas contidas no leite e seus derivados, nas carnes e nos ovos e também nas leguminosas, que tinham o consumo variando entre 1 e 5 porções. Por fim, estavam os energéticos extras, formados pelas gorduras e doces, que precisavam ser ingeridos em menores quantidades, de 1 a 2 porções.

Nova Pirâmide Alimentar

Entretanto, com o avanço das pesquisas, a pirâmide passou a ser dividida de acordo com a funcionalidade dos alimentos, denominados então como reguladores. Portanto, o mais importante nela é fazer com que as pessoas ingiram alimentos que promovam o melhor funcionamento de seus organismos.

Por isso, a base dessa nova pirâmide alimentar não contém alimentos, mas sim, exercícios físicos e controle de peso, principais elementos da vida saudável. Em seguida, vêm os alimentos integrais e os óleos bons ricos em HDL. Assim, o sistema digestivo e o vascular agradecem as refeições.

alimentação balanceada

No terceiro andar, encontramos as frutas e os legumes, que contêm vitaminas e fibras. No próximo, vêm as oleaginosas e as leguminosas que, além de fornecerem vitaminas, minerais e proteínas para o organismo, dão-lhe antioxidantes, responsáveis pela prevenção de doenças como o câncer.

Subindo mais um degrau, temos os ovos, os peixes e as aves, fontes de proteína e antioxidantes e no penúltimo, vem o cálcio do leite e seus derivados. Finalmente, no topo, são postos os grãos refinados que contém muito carboidrato e as carnes vermelhas, cheias de gorduras saturadas.

Com esse remanejamento, vimos divisões dos grupos dos carboidratos e das gorduras, que podem ser bons ou ruins para o nosso organismo. Desse modo, a pirâmide alimentar atualizada torna-se mais complexa, mas também, mais completa.

Confira esta reportagem pela TV Minha Vida sobre alimentação saudável baseada na Pirâmide Alimentar:

Pirâmide Alimentar Brasileira

Em 26 de dezembro de 2003, a ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) regulou a pirâmide alimentar brasileira pelas Resoluções RDC 359 e 360. Ela é dividida de acordo com a pirâmide antiga, ou seja, é dividida em 8 grupos principais que são empilhados em 4 andares de acordo com as suas funções: energéticos, reguladores, construtores e energéticos extras.

Porém, sob a base da pirâmide, há o anúncio: “Faça atividades físicas regularmente” e no grupo dos carboidratos, avisa-se que se forem consumidos os produtos integrais, a vida será mais saudável.

A função principal das pirâmides alimentares é regular a forma das pessoas se alimentarem a fim de que tenham vidas mais balanceadas e saudáveis, aproveitando tudo o que os alimentos podem nos proporcionar de modo variado e gostoso. Por isso, não importa qual a pirâmide você escolher para se alimentar, contanto que compreenda a função de cada tipo de alimento.

Aline Silveira

Autora

Aline Silveira dedicou sua vida a pesquisar sobre saúde e bem estar e conquistou seu manequim 36 após lidar com depressão e atingir o manequim 44.



6 comentários

  1. José Maria

    Minha esposa tem lutado muito contra a gordura isso já se passaramquase 20 anos nessa luta, por último ela fez uma cirurgia no abdomem tirou não sei quantos de gordura, ela já fez tantas e tantas dietas e por instante ela viu a dieta do Ovo (gema), meu créditos financeiros já se foram, perdi a auto estima da minha Mulher que era, continuo na batalha por ela, ainda tenho Fé de uma dia o emagrescimento acontecer. O problema é que ela sofre de tireode e vive eternamente usando o Puran T 150 mg.
    Uma boa sujestão de sua parte seria aceito e estudado de bom agrado.
    Obrigado

  2. Edileuza A S Barreto de Oliveira

    Caro José Maria, boa noite…

    A obesidade é uma enfermidade que necessita ser tratada. Ela inicia com distúrbios alimentares que levam ao sobrepeso e consequentemente a obesidade, por causas ambientais, genéticas ou múltiplos fatores. Para tratá-la é necessário acompanhamento e disciplina por parte do paciente. Quando ha distúrbios hormonais é interessante tratamento médico.
    Em segundo lugar, é necessário aprender a se alimentar certo, com alimentos saudáveis, em horários regulares e em quantidade ideais as suas necessidades. Isto tudo ajudará perfeitamente a sua esposa obter um peso saudável. A obesidade é adquirida em largos espaços de tempo e interações, sem controle.
    Quando a pessoa busca tratamento nutricional, geralmente, espera uma resposta imediata, isto não ocorre. A persistência leva ao alcance de excelentes resultados na aquisição de um peso saudável.
    Depois disto para manter o peso ideal é indispensável permanência de um estilo de vida saudável. Por fim, ânimo, é possível. Não desistem!!!

    Edileuza A S Barreto de Oliveira – Nutricionista

  3. karen

    Na minha opinião as pessoas tinham q usar a pirâmide alimentar não só no conhecimento mais também no seu dia a dia! fica a dica#

  4. catarina nunes

    eu,já fiz dieta da piramide por duas vezes e deram certo perdi 15 quilos ,mas depois não consigo manter paro de tudo e volto a engordar, no momento estou novamente para começar a dieta da piramide,pois estou acima do peso me sentindo mal,envergonhada tudo aqueles sentimentos que não fazem bem,mas vou descobrir forças para começar espero que consiga. obridaga!

  5. amanda santos

    as pessoas hoje em dia quase que nao tem tempo mpara ter uma alimentaçao correta e saudavel, pois comem frituras ou besteras (doces) póis e mais pratico e rapido .

  6. amanda santos

    as pessoas hoje em dia quase que nao tem tempo mpara ter uma alimentaçao correta e saudavel, pois comem frituras ou besteras (doces) póis e mais pratico e rapido .

Comente!




*Campos obrigatórios