Hábitos que Retardam o Metabolismo

O metabolismo é o grande responsável pelo sucesso do emagrecimento. Portanto, saiba como não retardá-lo.

Artigo publicado por Aline Silveira nas categorias: Dietas

Certamente, você já deve ter se perguntado: “Por que será que como pouco, mas mesmo assim, não emagreço?” Talvez a resposta deva dúvida seja: o seu metabolismo está lento. Alguns hábitos podem ser responsáveis por essa lentidão. Então, saiba quais são os hábitos que retardam o metabolismo para que você consiga acelerá-lo a fim de te ajudar a chegar ao corpo ideal.

O Que é Metabolismo?

Nossas funções vitais como respiração, batimento cardíaco e temperatura corporal equilibrada dependem de energia para acontecer. Essa é retirada dos alimentos que ingerimos e quem é o responsável por essa transformação de nutrientes e substâncias químicas é o metabolismo denominado basal. Entre 60 e 70% da energia consumida é usada para a realização de tais funções.

O que é metabolismo lento?

O que é metabolismo lento?

Outro processo que envolve o gasto de energia é a digestão, que vai desde a mastigação até a absorção dos nutrientes. Nela, são gastos entre 10 e 12% da energia total, que é conhecida como gasto termogênico.

Entretanto, cerca de 80% dessa energia é determinada pela herança genética. Ou seja, não podemos interferir neles. Contudo, o restante pode ser influenciado por hábitos diários. Veja quais são eles abaixo:

Má Alimentação

A alimentação interfere diretamente no metabolismo. Por isso, as gorduras devem ser evitadas, já que retardam bastante o seu funcionamento. No entanto, por serem importantes na produção de hormônios, precisam ser ingeridas de forma controlada. Sendo assim, tente substituir os seus óleos habituais por outros mais saudáveis como os de oliva, de nozes ou de castanhas.

Má alimentação retarda o metabolismo

Má alimentação retarda o metabolismo

A sobremesa é outra grande vilã nesse assunto, pois o açúcar refinado é digerido rapidamente pelo organismo, o que retarda a digestão dos outros alimentos. Com isso, mesmo com o estômago cheio, o cérebro sinaliza que está com fome. O mesmo acontece com alimentos preparados com a farinha branca encontrada em pães, massas e bolos. Portanto, substitua os seus doces por frutas ou gelatinas e a farinha branca pela integral.

Falta de Atividades Físicas

As atividades físicas intensas como corridas, ciclismo, natação e caminhada são capazes de aumentar a taxa metabólica em até 25% após os treinos por até 15 horas seguidas. Entretanto, é preciso combinar exercícios aeróbicos com os anaeróbicos como a musculação e a ginástica localizadas, pois esses deixarão os seus músculos mais fortes e te livrarão da flacidez.

Quando uma pessoa faz uma dieta e não pratica atividades físicas, acontece a perda de massa muscular, o que gera menos gasto calórico, o que torna o processo de emagrecimento cada vez mais difícil.

Grandes Intervalos Entre Refeições

Se você acha que comer poucas vezes ao dia pode te deixar com o corpo esbelto, está muito enganada, porque o que poderá acontecer é exatamente o contrário. Quando o organismo percebe que não está recebendo nutrientes o suficiente, acaba poupando gordura para que essa seja gasta aos poucos, entendendo estar em uma situação de emergência.

Portanto, o correto é se alimentar a cada 3 horas, fazendo 6 refeições ao dia. Para tanto, faça pequenas refeições entre o café da manhã e o almoço, o almoço e o jantar e uma antes de dormir. Contudo, essas devem conter apenas alimentos pouco calóricos como torradas integrais, queijos brancos, iogurtes desnatados ou frutas.

Aline Silveira

Autora

Aline Silveira dedicou sua vida a pesquisar sobre saúde e bem estar e conquistou seu manequim 36 após lidar com depressão e atingir o manequim 44.



Comente!




*Campos obrigatórios