Dieta Bariátrica Para Perder Peso

Depois da cirurgia bariátrica, a dieta é bastante rígida e restritiva, pois não haverá espaço o suficiente para grandes refeições.

Artigo publicado por Aline Silveira nas categorias: Dietas

Tanto celebridades quanto pessoas comuns estão recorrendo cada vez mais à intervenção cirúrgica para alcançarem uma meta antes impossível: a perda de peso em grandes quantidades. Enquanto o peso é apenas um incômodo por causa de uma barriguinha mais saliente ou de pernas mais grossas, tudo bem. Entretanto, quando ele interfere na saúde da pessoa, no caso da obesidade mórbida, em que é difícil a mobilidade, é necessário apelar para a cirurgia de redução do estômago, também conhecida como bariátrica. No entanto, se mesmo podendo se movimentar para fazer atividades físicas, preferir passar pela cirurgia, saiba que após o operatório, terá que passar por uma rígida dieta para que ela faça o efeito desejado. Sendo assim, conheça a dieta bariátrica para perder peso:

dieta-bariatrica-para-perder-peso.

Duração da Dieta Bariátrica

Depois da cirurgia, você terá que se privar dos alimentos por cerca de 45 dias. Nos primeiros 15 dias, como seu estômago estará muito reduzido e não caberá literalmente “nada”, você só poderá ingerir líquidos e, em seguida, deverá passar pelos alimentos pastosos, permanecendo neles por 20 dias até que o seu estômago se acostume, chegando ao normal somente após 3 meses da operação.

Por Que Essa Adaptação?

Essas fases de adaptação são extremamente importantes porque o seu estômago fica minúsculo com a cirurgia, suportando somente 200 ml de líquido. Por isso, você perderá peso muito rápido, já que, se comer excessivamente, poderá passar mal porque não haverá espaço o suficiente no seu estômago.

A Dieta Líquida

Logo no pós-operatório seguido por mais 15 dias, seus nutrientes serão retirados de uma dieta bastante rígida somente à base de líquidos, que serão distribuídos em pequenas porções de 100 a 150 ml ao longo do dia, até totalizar 8 refeições, com 2 horas de intervalo entre elas. Para tanto, você precisará de muita paciência, pois cada refeição, mesmo que pequena, deverá ser feita com lentidão, podendo durar até 40 minutos. Nessa fase, são permitidos os seguintes líquidos: água de coco, bebidas de soja, suco de frutas e de legumes naturais, chás, caldos de carne, frango ou peixe e, ao longo do dia, é importante que você beba muita água, em pequenas quantidades.

Dieta Pastosa

Pelos próximos 20 dias, sua alimentação será baseada em pastas como mingaus, cremes de legumes, purês de legumes ou de frutas ou vitaminas de frutas batidas com sucos de soja ou água. Nessa fase, seu estômago estará mais acostumado a se alimentar e você não precisará mais ficar tanto tempo se alimentando a cada refeição. Porém, não se afobe e vá ingerindo a quantidade de alimento que o seu corpo aguentar, mesmo que deixe sobrar no prato.

Alimentos Sólidos

Após os 45 dias de martírio, você finalmente estará liberada para comer alimentos sólidos. No entanto, como há pouco espaço no seu estômago, escolha os mais nutritivos como legumes, verduras, frutas, sementes e grãos. Para não exagerar, coma com um prato de sobremesa, sempre deixando-o bem colorido, envolvendo todos os grupos da pirâmide alimentar, com proteína, um pouco de carboidrato, nutrientes e vitaminas. Faça 6 refeições por dia, sem ingerir líquidos durante elas, somente nos intervalos.

Aline Silveira

Autora

Aline Silveira dedicou sua vida a pesquisar sobre saúde e bem estar e conquistou seu manequim 36 após lidar com depressão e atingir o manequim 44.



Comente!




*Campos obrigatórios