Criolifting

Volte a ter uma pele bonita e firme sem esforços com o criolifting, o tratamento do momento.

Artigo publicado por Aline Silveira nas categorias: Estética

A flacidez é, hoje, um dos maiores problemas enfrentados principalmente pelas mulheres, que perdem a elasticidade da pele devido a diversos fatores. São eles o sedentarismo, a gravidez, a exposição excessiva ao sol, o efeito sanfona, o envelhecimento natural da pele e a má alimentação. E para resolvê-lo, a indústria da estética criou o criolifting, um método revolucionário capaz de diminuir a flacidez, tanto do corpo quanto do rosto. Sendo assim, conheça o criolifting e as suas principais vantagens.

O Que é a Flacidez

Com o passar do tempo, nossa pele vai perdendo colágeno e elastina, bases que a sustentam. Assim, ela se amolece e fica flácida, causando dobras no corpo e rugas no rosto. E se a pessoa não se alimenta corretamente e nem pratica atividades físicas regulares, esse problema pode aparecer prematuramente.

 

Existem 2 tipos de flacidez: a da pele, causada pela exposição ao sol em excesso, pela gravidez, pelo envelhecimento natural da pele e pelo efeito sanfona; e a dos músculos, que acontece quando há muito sedentarismo, dietas drásticas que fazem o corpo queimar massa magra ao invés da gorda e o processo natural de envelhecimento.

O Que é o Criolifting

O criolifting é uma técnica denominada eletroterápica, ou seja, que utiliza microcorrentes associadas à crioterapia, que é o resfriamento da camada da pele. Para tanto, é usado um aparelho que faz a descarga das microcorrentes e resfria a região a ser tratada. Ele tem uma ponteira que produz 2 sensações: a de formigamento e a de resfriamento, o que leva a temperatura variar entre 6 e 10 graus.

criolifting para flacidez

Com isso, a circulação sanguínea local é ativada, assim como as trocas metabólicas, acelerando o transporte de aminoácidos, a produção de ATP, a síntese de proteínas de 30 a 40% e a captação de oxigênio regional.

E para o tratamento da flacidez, a maior vantagem do criolifting é que ele ativa as fibras de colágeno e faz com que os produtos dermocosméticos utilizados penetrem fundo na pele, o que aumenta a permeabilidade das membranas celulares.

Indicações do Criolifting

Portanto, o criolifting não deve ser utilizado apenas para acabar com os problemas de flacidez, mas também para o rejuvenescimento facial, para a renovação celular, para a regularização das secreções sebáceas e sudoríparas e para pós-operatórios.

Quantas Sessões são Necessárias

O criolifting é um método personalizado, ou seja, dependendo da região e da evolução da flacidez, são utilizadas potências específicas e diferenciadas. Entretanto, geralmente são recomendadas 2 sessões por semana de pelo menos 30 minutos. Contudo, o médico é a pessoa mais indicada para confirmar o tempo e o número de sessões necessárias para que a pele apresente sinais positivos.

Como Evitar a Flacidez

Para não precisar fazer tratamentos para acabar com a flacidez, é necessário ter bastante disciplina e força de vontade. Em primeiro lugar, alimente-se saudavelmente, sem abusar de frituras, doces e refrigerantes. Depois, pratique atividades físicas regulares, principalmente as que envolvam a musculação. Passar cremes hidratantes, não fazer dietas muito drásticas e não tomar sol excessivamente são outras medidas importantes para quem não quiser sofrer de pele flácida no futuro.

criolifting

Aline Silveira

Autora

Aline Silveira dedicou sua vida a pesquisar sobre saúde e bem estar e conquistou seu manequim 36 após lidar com depressão e atingir o manequim 44.






Comente!




*Campos obrigatórios