Carboxiterapia

A carboxiterapia é uma técnica que utiliza a aplicação de gás carbônico sob a pele para eliminar a celulite, as estrias e também a gordura localizada.

Artigo publicado por Aline Silveira nas categorias: Estética

A gordura localizada, a celulite, as estrias e as rugas talvez sejam as piores inimigas das mulheres, pois estamos cada vez mais condicionadas a termos o corpo e o rosto perfeitos. Portanto, se você sofre de um desses males, conheça a carboxiterapia, um tratamento revolucionário que promete amenizar bastante esses sinais na pele. Sendo assim, saiba o que é a carboxiterapia, tirando todas as suas dúvidas nesse artigo.

Como Funciona?

A carboxiterapia consiste na injeção de gás carbônico (CO2) com uma agulha bem fina como a usada na aplicação de insulina, nos tecidos da pele. Ligada às injeções, há uma máquina que insere o gás nas regiões desejadas. Quando o gás entra em contato com a hipoderme, quebra as células de gordura e também funciona como um vasodilatador, deixando as marcas das estrias e da celulite mais leves.

A Carboxiterapia é feita com agulhas mas a seringa é ligada a um fio para levar o CO2.

A Carboxiterapia é feita com agulhas mas a seringa é ligada a um fio para levar o CO2.

Esse tratamento também é utilizado para amenizar as marcas deixadas pelo tempo porque estimula a formação de fibras elásticas e de colágeno, o que combate as rugas e a flacidez facial e corporal. Alguns estudos ainda afirmam que a carboxiterapia pode ser aplicada no couro cabeludo para intensificar a circulação sanguínea local, o que estimularia o crescimento de novos fios de cabelo.

Porém, você quer saber se a carboxiterapia emagrece, certo? Na realidade, as aplicações são recomendadas apenas para a diminuição da gordura localizada e não exatamente para a perda de peso. Ou seja, só pode ser realizada em pessoas que estejam com o peso em dia, mas que não estão contentes com algum pneuzinho que não desapareceu com a malhação. Além disso, ela deve ser aliada a uma dieta balanceada e a exercícios físicos. Caso contrário, mesmo a gordura localizada pode voltar a aparecer.

Como o gás carbônico é não é tóxico nem embólico e já está presente  em nosso organismo para intermediar o metabolismo celular, não há efeitos colaterais graves causados por esse tratamento. Entretanto, a aplicação das injeções podem ser dolorosas e a região pode ficar dormente, ardente por algum tempo e roxa após as sessões.

Porém, vale a pena se submeter às injeções, já que dor e a ardência incomodam por pouco tempo e os resultados são duradouros e rápidos.

Resultados

Os resultados da carboxiterapia começam a aparecer após a terceira sessão, sendo indicadas entre 5 e 10, dependendo do caso a ser tratado. O ideal é que sejam feitas 2 aplicações semanais para que os efeitos sejam notados com mais rapidez. Da quinta a oitava sessão, a pele tem aspectos enrijecidos e saudáveis e, se for realizada para a diminuição de medidas, a diferença é facilmente notada, pois terá ocorrido a produção de colágeno e a queima e a retração da gordura.

Carboxi no Rosto

A partir da quarta aplicação no rosto, você poderá notar a pele mais lisa e livre de rugas e olheiras. A aparência se torna mais jovem e radiante, principalmente pelo ganho de colágeno e elasticidade cutânea.

Veja abaixo algumas fotos do antes e depois de algumas pessoas que se submeteram ao tratamento e note a sua eficácia.

No caso abaixo, as marcas da celulite foram bem amenizadas pela carboxiterapia.

Aline Silveira

Autora

Aline Silveira dedicou sua vida a pesquisar sobre saúde e bem estar e conquistou seu manequim 36 após lidar com depressão e atingir o manequim 44.



Comente!




*Campos obrigatórios